SANA Hotels constrói dois hotéis em Casablanca

EVOLUTION Casablanca

Com data de abertura prevista para 2019, os dois hotéis, um da categoria EPIC (5 estrelas), outro EVOLUTION (4 estrelas), que a SANA Hotels  vai construir em Casablanca, irão dotar a cidade de 355 novos quartos e contarão com um investimento de 55 milhões de euros.

O projecto foi apresentado esta quinta-feira pelo Grupo naquela cidade marroquina, em cerimónia que contou com a presença do Ministro do Turismo de Marrocos e de um representante da Embaixada Portuguesa em Marrocos.

A escolha de Marrocos como palco de desenvolvimento da estratégia de internacionalização da SANA Hotels deveu-se ao facto de este país do Norte de África ser considerado “um mercado prioritário graças aos bons desempenhos económicos registados estes últimos anos, ao ambiente de negócios favorável e também dada a estabilidade política e social”.

Para Carlos Silva Neves, administrador da SANA Hotels, a aposta em Casablanca justifica-se pela localização estratégica e por esta ser a capital económica do país. E é precisamente para oferecer as melhores condições e conforto aos turistas que viajam em trabalho que a empresa decidiu investir em duas unidades hoteleiras com conceitos distintos, que abrangem diferentes públicos e colmatam necessidades completamente diferentes.

O cinco estrelas EPIC SANA Casablanca vai contar com 187 quartos, seis restaurantes/bares, vários espaços para eventos, Spa, 1 Fitness Center e duas piscinas, uma interior e outra exterior.

Já o EVOLUTION Casablanca, de 4 estrelas, será uma unidade high tech, disruptiva, com uma forte componente tecnológica e que se irá destacar pela “funcionalidade, rapidez no serviço, inovação e liberdade sentidas pelo cliente desde o primeiro momento”, lê-se numa informação veiculada pelo Grupo. Fora dos conceitos da hotelaria tradicional, este hotel, de 168 quartos, vai contar com restaurante e espaço para reuniões informais.

Em conjunto, as duas unidades hoteleiras irão oferecer 95 lugares de estacionamento num parque privado comum.

“É intenção do Grupo SANA que estes novos hotéis contribuam, de facto, para o reforço da imagem de Casablanca, enquanto destino preferencial no turismo de negócios e de lazer, quer ao nível nacional, quer internacional”, lê-se na informação veiculada.

A abertura das unidades está prevista para 2019 e serão criados um total de 410 postos de trabalho sendo a grande maioria recursos humanos locais.