SATA confirma presença da PJ na sua sede

A Polícia Judiciária esteve, na manhã desta quarta-feira, 27 de Fevereiro, na sede da SATA que terá sido uma das empresas alvo de buscas no âmbito da operação “Nomos” que envolve a Associação Turismo dos Açores. Em comunicado, a SATA diz que está disponível para colaborar com as autoridades mas diz desconhecer qualquer investigação que a inclua no âmbito deste processo.

Em comunicado enviado à imprensa, a SATA “confirma que recebeu, esta manhã, uma equipa de inspectores da Polícia Judiciária nas suas instalações” e afirma que mostrou a sua “total disponibilidade para facultar toda a informação que lhe foi solicitada neste âmbito”.

A SATA afirma ainda, no mesmo comunicado, que “não tem conhecimento de ser alvo de qualquer investigação no âmbito deste processo” e aproveita para reafirmar que “está, naturalmente, absolutamente disponível para colaborar com as entidades competentes”.