Secretária de Estado do Turismo fala aos hoteleiros

A secretária de Estado do Turismo é a convidada do primeiro almoço mensal de associados da AHP de 2016, marcado para quinta-feira, 7 de Janeiro, na Pousada de Lisboa. Espera-se que Ana Mendes Godinho aproveite a oportunidade para dar a conhecer a agenda do governo para o sector, em particular no que toca à hotelaria.

Esta será a primeira vez que a secretária de Estado do Turismo irá estar perante uma plateia formada por hoteleiros. É por isso expectável que aproveite a oportunidade para apresentar as linhas gerais em que se irá basear a agenda da sua Secretaria de Estado para o sector, colocando o foco nas questões mais directamente relacionadas com a hotelaria. Espera-se também que a sua intervenção foque alguns dos temas que mais preocupações geram aos empresários hoteleiros, nomeadamente em termos da tão contestada legislação do alojamento local, deixada pelo seu antecessor.

Por parte da Associação da Hotelaria de Portugal, as grandes linhas/questões estão definidas, delas tendo feito eco o seu presidente, Luís Veiga, aquando do congresso da Associação. O Turisver.com sabe que Luís Veiga fará uma breve intervenção no almoço de associados da AHP, durante a qual acreditamos que irá colocar em cima da mesa questões que os hoteleiros consideram prementes.

A legislação referente ao alojamento local sobre a qual Luís Veiga disse, no congresso da AHP realizado em finais de Outubro, que “a prazo vai condicionar a sustentabilidade”, poderá ser um dos temas a abordar, até pelas acentuadas criticas que a AHP tem feito a este regulamento. Outro dos temas poderá muito bem incidir sobre a economia de partilha (sharing economy), tema de um dos painéis do último congresso da AHP e que, segundo o responsável, limita a livre concorrência e perante a qual tem existido “indiferença política”. O elevado peso das low cost no turismo português, fiscalidade e custos de contexto, e a avaliação dos resultados turísticos, naquilo que podem ter de estrutural e/ou conjuntural, poderão ser outras questões levantadas.