SiteMinder: Portugal recebeu 23,6 milhões de hóspedes em 2019

A plataforma global de aquisição de hóspedes da indústria hoteleira revelou as suas listas anuais dos canais de distribuição mundial geradores de maior receita. Em 2019, Portugal, que recebeu 23,6 milhões de hóspedes, através da SiteMinder.

As reservas efectuadas em todos os canais de reservas hoteleiras, através da SiteMinder, cresceram, em Portugal, 107% em 10 anos. Os cinco principais canais de reserva no país, em base no rendimento bruto total dos clientes da SiteMinder foram a Booking.com, Expedia, Hotelbeds, reservas directas e OTS Globe.

Segundo André Gois, gerente nacional da SiteMinder em Portugal, o crescimento registado no país “representa uma grande oportunidade para os hoteleiros”, sendo que “é importante que estejam cientes das mudanças no mundo das reservas e de como os hóspedes escolhem o seu alojamento”.

Entre 14 dos 20 principais destinos turísticos mundiais, as reservas directas subiram em relação ao ano anterior, ou mantiveram a sua posição entre os cinco primeiros lugares. O crescimento sustentado do canal directo foi acompanhado apenas pelo crescimento da empresa asiática Agoda, na região EMEA.

Em 2019, a plataforma da SiteMinder processou 105 milhões de reservas hoteleiras online, gerando 31 mil milhões de euros em receita, para os seus 35.000 clientes. “É encorajador ver que as reservas online directas continuam a contribuir fortemente para a receita hoteleira global”, atesta James Bishop, director sénior de parcerias globais da SiteMinder.

Para o responsável, “é óbvio que os hoteleiros estão activamente a procurar impulsionar as reservas directas através de mais informação e inovação, bem como em investimento na metapesquisa”. “Também estamos a ver os fornecedores de tecnologia a apoiar essa procura, adicionando serviços profissionais às suas ofertas de reservas directas, tornando-se, na prática, em agências de marketing digital para hotéis”, acrescenta.