SiteMinder: Reino Unido ultrapassa Espanha como principal fonte de entrada de turistas em Portugal

A SiteMinder revelou esta terça-feira a lista anual de canais que conseguiram a maior receita total através de reservas de hotéis em Portugal e noutros principais destinos de turismo do mundo em 2018. Em relação ao mercado hoteleiro português a lista demonstra que o Reino Unido ultrapassou Espanha como principal fonte de entradas de turistas.

Desde websites de hotéis até novos canais de reservas terceiros, a diversidade da lista deste ano reflecte o aumento das escolhas do consumidor. Este novo panorama, Segundo a plataforma, está a forçar os hotéis a competirem pelo negócio através dos canais de reserva como nunca se assistira até então.

Para o diretor-geral da SiteMinder, Mike Ford, o aumento da diversidade é igualmente indicativo de um cenário de reservas que explodiu nos últimos anos e que não mostra sinais de abrandamento, citando a Euromonitor International, que indica que as vendas online dos hotéis a nível mundial ultrapassaram os 264 mil milhões dólares (231 mil milhões de euros), o que representa mais de 170% de crescimento na última década, e dos quais 13% ocorreram só no ano passado.

“Este ano, detectámos quase 20 casos de canais de reservas que apareceram pela primeira vez nas nossas listas. Isso significa que, embora as marcas mais populares continuem a dominar, estamos a assistir à emergência de um conjunto mais vasto de agentes. Esta tendência reflecte não só o aumento contínuo da lista de opções agora disponíveis para o viajante fazer a sua reserva, como a subsequente necessidade de os hotéis estarem mais presentes nos canais de reservas e de se manterem actualizados sobre os infinitos trajectos de compra actuais”, sublinha Mike Ford.

Com base na receita total bruta dos clientes hoteleiros da SiteMinder em Portugal, os 12 principais canais de reservas em 2018 foram a Booking.com, Expedia, Hotelbeds, websites de hotéis (reservas directas), OTS Globe, Abreu Online, Sistemas de Distribuição Global (GDS), NT Incoming, Portimar, Traveltool, HRS – Hotel Reservation Service e Jet2holidays.

“O número de viagens para Portugal atingiu os 23,2 milhões no ano passado, um aumento de 87% em relação a 10 anos atrás. Este aumento constitui não só uma oportunidade como o seu imenso volume apresenta um desafio aos hotéis: adquirir mais hóspedes entre um grupo de potenciais clientes em mudança”, explica Daniele di Bella, vice-presidente da SiteMinder para a região EMEA. “A nossa lista mostra quais os canais que conseguiram o maior volume de vendas totais para a economia hoteleira do país. Nomeadamente, o surgimento pela primeira vez de jet2holidays nas nossas listas vem mostrar o valor dos viajantes do Reino Unido para o mercado hoteleiro português. Na realidade, o Reino Unido ultrapassou Espanha como principal fonte de entradas de turistas”, disse.

A plataforma da SiteMinder processou mais de 87 milhões de reservas online em 2018, uma taxa de 166 por minuto. As reservas somaram 28,7 mil milhões de dólares (25,6 mil milhões de euros) em receitas para os seus 30 mil clientes hoteleiros em 160 países.