Soltrópico analisa novos destinos charter para 2019

À margem do roadshow “Mistério das 12 Badaladas” que teve lugar quarta-feira no Vila Galé Ópera, em Lisboa, o director operacional da Soltrópico avançou que o operador está a analisar novos destinos para operar em charter no próximo Verão. Sobre o Verão deste ano, avançou que ficou aquém das expectativas devido ao excesso de oferta no mercado.

Fazendo a análise da operação de Verão deste ano, o director operacional da Soltrópico confessou que ficou “abaixo das expectativas que tínhamos” o que, na sua análise, “teve muito a ver com o excesso de oferta no mercado”, algo que não tinha acontecido nos últimos anos. Um excesso de oferta que segundo disse, levou a que “o impacto das campanhas de reservas antecipadas tivesse sido perdido e tivesse havido promoções de última hora”.

Não obstante “a nossa produção, em termos de facturação e volume de passageiros, foi muito similar à do ano passado” apesar de “termos crescido um bocadinho no mercado, principalmente pelo regresso da Tunísia em charter, dentro do portefólio da casa”.

Para não pôr em causa as vendas antecipadas para o próximo Verão, o director operacional da Soltrópico diz ser “necessário que exista alguma ponderação” para “tentar manter o equilíbrio entre a oferta e a procura”.

Relativamente a 2019, Fernando Bandrés avançou que “estamos a analisar alguns destinos” e de entre eles deverá sair uma novidade para a programação do próximo Verão. Sem querer revelar pormenores, apenas adiantou que o operador deverá apresentar pelo menos um destino novo, em charter e no médio curso.