Startup portuguesa revoluciona o atendimento ao cliente em hotéis

A HiJiffy, que utiliza Inteligência Artificial para suporte ao cliente em hotéis, abrindo um canal de comunicação 24 horas por dias, acaba de fechar uma ronda de investimento junto de investidores europeus, de mais de 300.000 euros.

Esta startup portuguesa criou um chat que é implementado no website de hotéis, onde os hóspedes podem contactar um assistente virtual que responde às suas perguntas. Quando este não sabe a resposta transfere para o staff do hotel, que pode responder através de uma console disponibilizada pela HiJiffy. A console oferece um chat integrado para responder aos utilizadores e um sistema de tickets para marcar as conversas como concluídas.

“A grande diferença é que tudo isto acontece num chat dentro do website do hotel, onde os hóspedes têm resposta às suas perguntas de forma instantânea, sem a intervenção de um agente”, explica Tiago Araújo, um dos fundadores da HiJiffy. Em comunicado, a startup atesta que está provado que esta solução aumenta a receita do hotel com reservas directas, oferecendo aos clientes um serviço de topo.

Através do feedback dos actuais clientes e da verba de mais de 300.000 euros angariada vai ser possível solidificar o produto e entrar em grandes mercados turísticos. De momento, a equipa está focada em zonas onde existem hotéis direccionados ao segmento de lazer. Nascida em 2016, a empresa conta já com clientes em nove países, incluindo, em Portugal, o grupo PortoBay, o Zmar Eco Resort, o Grupo Martinhal e a Uniplaces.

A empresa, com um escritório em Lisboa, está actualmente focada no mercado português e espanhol, com ambição de levantar uma ronda de investimento ainda maior em 2019, que permita continuar a desenvolver a sua tecnologia e entrar no mercado norte-americano. A equipa 100% portuguesa conta ainda com um advisor, Sébastien Lefebvre, fundador do Mesagraph que foi vendido ao Twitter, onde se tornou Director of Growth.

Em 2016 a HiJiffy testou o seu produto inicial em duas cadeias hoteleiras em Portugal, com um resultado promissor. Começou a expandir o seu produto e em 2017 juntou-se ao FB Start Program, mantendo uma relação directa com o Facebook Messenger Product Team com o objectivo de juntos melhorarem as soluções de chat no sector hoteleiro.

Ainda em 2017 foi seleccionada e financiada pelo fundo de investimento Horizon 2020 e mais tarde pela Marriott para fazer um teste piloto num dos seus hotéis em Londres. Nos últimos seis meses tiveram mais de 1,5 milhões de interacções no Messenger e de todas as perguntas feitas 77% foram automatizadas. Em Junho passado atingiu um total de 280.000 euros em reservas através do chat.