STR: Lisboa na lista das cidades europeias onde o RevPar mais cresce

Lisboa, com mais 13,5%, foi uma das cidades europeias que mais cresceu ao nível do RevPar no final do segundo trimestre deste ano, de acordo com o estudo da consultora STR sobre a evolução deste indicador em diferentes regiões do mundo, que destaca igualmente as subidas em Moscovo e Paris, e uma quebra de 1,7% em Londres.

O estudo divulgado esta terça-feira indica ainda que o sector hoteleiro europeu, que está à cabeça, experimentou um aumento médio no rendimento por quarto disponível de 4,9% durante o segundo trimestre deste ano em relação ao mesmo período do ano anterior.

No entanto, no período em análise, este indicador registou uma evolução positiva em todas as regiões do mundo com a Ásia-Pacífico a verificar uma subida de 4,8%, 3, 5% para a América e 1,2% para o Médio Oriente e África.

A Europa teve igualmente um aumento na taxa de ocupação dos seus hotéis, bem como na receita média por quarto ocupado.

Entretanto, um relatório elaborado pelo HotStats revela que os hotéis europeus registaram um aumento de lucro por quarto de 16,9% em Julho. Apesar de este indicador ter sido menor do que os recordes alcançados em Junho, permanece ainda assim acima dos números do ano anterior, que foram de 62,47 euros, e representa o segundo mês consecutivo com crescimento assinalável após o fraco início do ano.

O crescimento dos lucros foi impulsionado especificamente pelo aumento de 11,3% no RevPar, que alcançou os 148,86 euros e pelo vigésimo mês consecutivo de aumentos na taxa média diária, em 183,2 euros. A ocupação do hotel permaneceu inalterada em Julho, com 78,5%.