Sustentabilidade é mote da presença da OMT na FITUR

A presença da Organização Mundial do Turismo da FITUR terá como foco a sustentabilidade e a inovação. Enfatizará a prolongada resiliência do sector do turismo como um farol de estabilidade em tempos de incerteza política, económica e social.

Na FITUR, a OMT reforça a posição adoptada na Conferência da ONU sobre Alterações Climáticas COP 25, em que destacou a capacidade transversal do sector de contribuir para vários dos Objectivos de Desenvolvimento Sustentável. Na véspera do início da feira, a OMT organiza a sua conferência de imprensa anual, em que apresentará as suas conquistas, visões para o futuro e os mais recentes dados e tendências globais do turismo.

Na abertura da FITUR, a 22 de Janeiro, a OMT vai lançar a Iniciativa Mundial sobre Turismo e Plásticos, uma oportunidade para os operadores de destinos e turismo se posicionarem como líderes na redução do consumo de plásticos e poluição. Também a 22 de Janeiro, juntamente com a ONCE Foundation, a OMT vai apresentar os Prémios de Destino Turístico Acessível, que reconhecem os destinos que proactivamente se abem a turistas de todas as habilidades e origens.

“Estou confiante de que a FITUR mais uma vez produzirá as ideias e os planos necessários para assegurar que o turismo poderá ser uma parte cada vez mais importante da agenda do desenvolvimento sustentável. No início de 2020, a comunidade global tem apenas 10 anos para perceber as nossas ambiciosas metas de desenvolvimento climático, e o sector turístico precisa de enfrentar esta responsabilidade e reconhecer o seu poder único”, alerta Zurab Pololikashvili, secretário-geral da OMT.