TAP suspende operação da Galiza a partir do dia 28

A TAP vai suspender os voos para Vigo, Corunha e Oviedo, na Galiza, rotas operadas pela White ao serviço da TAP Express, a partir do próximo dia 28, devido às dificuldades em contratar tripulantes.

Um comunicado da transportadora aérea portuguesa, citado pela Lusa refere que a suspensão da operação coincide com o Inverno IATA e “prende-se com as dificuldades que a White tem tido na contratação de tripulantes”.

“Este motivo, associado a uma menor rentabilidade das rotas Vigo, Corunha e Oviedo, faz com que a TAP tenha decidido pela suspensão das mesmas, tendo em conta também os constrangimentos conhecidos no Aeroporto de Lisboa”, acrescenta o mesmo comunicado.

A agência noticiosa EFE, igualmente citada pela Lusa dá conta que a TAP lançou várias ofertas de empregos nos últimos meses e chegou a eliminar a restrição de obrigatoriedade de falar a língua portuguesa para garantir a contratação.

Refira-se que a TAP marcou presença, no passado dia 5 de Outubro, na Pilots Career Show, uma feira de recrutamento de pilotos, que teve lugar em Madrid. O objectivo da transportadora aérea é contratar 300 pilotos até ao final de 2019, para fazer face aos planos de expansão, que passam pela abertura de 14 novos destinos no próximo ano.

O recrutamento em Espanha foi o primeiro de vários que planeia realizar no estrangeiro. A TAP já integrou na sua equipa, desde o início deste ano, 180 pilotos e terá mais 280 formados até ao final de 2018.

Entre os pilotos já recrutados e em operação, 80% são profissionais que trabalhavam em outras companhias aéreas e que escolheram ingressar na TAP.