The Albatroz Hotel reabriu ao público renovado

Após quatro meses de encerramento para obras, o The Albatroz Hotel, na baía de Cascais, reabriu as suas portas ao público com áreas comuns e quartos renovados.

O projecto de renovação, que esteve a cargo da empresa de Graça Viterbo, abrangeu os principais espaços da unidade hoteleira, nomeadamente, restaurante, bar, sala de estar e recepção, além de terem incidido também nos quartos.

A nível conceptual, as renovações trouxeram linhas modernas e o melhor da paisagem envolvente para o interior do Palacete onde o hotel se encontra instalado, mantendo o equilíbrio entre o contemporâneo e a sua arquitectura histórica e requintada, fortalecendo o ambiente de um luxuoso chalé de praia. Entre tonalidades neutras e elementos marinhos, os espaços principais são a combinação de uma atmosfera luxuosa com detalhes vintage, ao estilo da nobreza portuguesa.

“Com o objectivo de continuar a oferecer um serviço de qualidade pelo qual sempre foi reconhecido, este projecto foi fundamental para a reabilitação do edifício”, lê-se numa nota enviada à imprensa.

Desde a década de 60 (altura em que abriu pela primeira vez ao público com o nome ‘Estalagem Albatroz’) o Hotel tem vindo continuamente a renovar o edifício histórico do século XIX. Mandado construir pelo Duque de Loulé, sob o projecto do Arquitecto Luís Pedro d´Ávila, no ano de 1873, o Hotel Albatroz (antigo Palacete Duques de Loulé), foi uma das primeiras moradias luxuosas que a nobreza construiu em Cascais, para acompanhar a família real na sua estadia ali durante o Verão.