Thomas Cook entra na hotelaria em Cabo Verde com marca própria

A Thomas Cook, que pretende abrir hotéis de marca própria em diversos destinos populares de praia, está a construir duas unidades em Cabo Verde, concretamente na ilha do Sal, que deverão receber os primeiros hóspedes no Inverno 2017/2018.

O complexo New Horizons Hotel Resorts, orçado em 80 milhões de euros, terá dois hotéis geridos pela marca do Thomas Cook Hotel Brands: o Sunprime Hotels, um hotel cujo segmento é só para adultos, ou seja, maiores de 16 anos; e o Sunwing – Family Resorts, vocacionado para férias em família.

Ao todo serão mais 600 quartos, 250 no Sunwing e 350 no Sunprime, incluindo apartamentos com piscina privada, além de várias valências e serviços específicos vocacionados para as duas gamas. O empreendimento terá aquela que será uma das maiores piscinas de Cabo Verde com 8.160 metros quadrados, ao que se juntarão dois restaurantes buffet, quatro temáticos, seis bares, 10 boutiques para área comercial, anfiteatro para 800 pessoas e centro de conferências com 700 lugares, bem como os serviços de Spa e ginásio.

O vice-presidente do Grupo Thomas Cook, que esteve de visita a Cabo Verde para lançar oficialmente o projecto, garantiu que há já intenções de avançar com “mais investimentos” para a ilha da Boavista, a curto prazo.

A perspectiva do grupo é levar mais 75 mil turistas ao ano para o arquipélago.