Travelport já oferece conteúdo NDC para reservas

A Travelport acaba de se tornar o primeiro operador GDS a conseguir reservar voos usando o padrão técnico do New Distribution Capability (NDC) da IATA, anunciou.

O NDC é activado utilizando conexões XML semelhantes àquelas que a Travelport já implementou com API’s para mais de 20 operadoras de baixo custo.

A primeira transacção foi feita pela agência britânica Meon Valley Travel, na sexta-feira, para um voo no percurso de Londres para Milão e emitido por uma importante companhia aérea europeia. O processo foi gerenciado pela mais recente versão do Travelport Smartpoint. Este novo recurso permite que sejam feitas reservas para qualquer serviço na companhia aérea, sem incorrer numa sobretaxa. É o primeiro de uma série de produtos que a Travelport está a desenvolver para se adaptar aos novos métodos de distribuição das companhias aéreas.

Refira-se que a indústria está a desenvolver o NDC desde 2012 com o objectivo de ampliar a personalização para os agentes de viagens e estabelecer relações mais estreitas entre as companhias aéreas e os clientes.

A Travelport publicou ainda um roadmap para a sua gama inicial de produtos NDC em Fevereiro, depois de obter a certificação Nível 3 da IATA como agregador, em Dezembro de 2017. Este é um estatuto necessário para qualquer organização ou empresa que quer fornecer funcionalidades importantes para gestão de pedidos e ofertas. Nos próximos meses, a primeira versão de conteúdo NDC agora lançada será usada por um número cada vez maior de agências de viagens e companhias aéreas. Em 2019, também está previsto que se complemente a solução, incluindo o lançamento de uma versão para agências online.