Turismo mundial deve voltar a crescer 4% em 2016

Depois de em 2015 a chegada de turistas internacional em todo o mundo ter voltado a aumentar acima da média prevista (+4,4%) alcançando um total de 1.184 milhões de turistas, as previsões da Organização Mundial do Turismo apontam para um novo crescimento em 2016 mas a um nível inferior.

De acordo com o Barómetro da OMT, o índice de confiança para 2016 continua muito positivo, com novas perspectivas e crescimento. Mesmo assim, a análise do Barómetro remete para um crescimento um pouco inferior ao registado em 2016, esperando-se que a chegada de turistas internacionais a todo o mundo tenha uma evolução de 4% face ao ano que terminou.

De acordo com as projecções publicadas, deverão registar-se crescimentos em todas as regiões do mundo, mas a ritmos bastante diferentes. A Europa, a região que mais cresceu em 2015, deverá voltar a receber mais turistas internacionais, embora as perspectivas apontem para uma subida bastante menos destacada que em 2015: +3,5 a 4,5%, sendo que neste último caso, o Velho Continente voltaria a superar a média mundial.

Ásia e Pacífico e ainda as Américas deverão ser as regiões de maior crescimento, entre +4% a 5% em ambos os casos. Abaixo da média mundial deverão ficar o Médio Oriente e África que, mesmo assim, poderão crescer entre 2 a 5%, o que no último caso seria um volte-de-face, já que o continente africano foi a única região do mundo a perder turistas estrangeiros em 2015. O maior intervalo nas perspectivas é justificado pela OMT pelo “maior grau de incerteza e volatilidade” que existe face a estas regiões.