Turismo não ganha Ministério e perde a secretária de Estado

No XXII Governo Constitucional, o segundo liderado por António Costa, o Turismo vai manter-se como Secretaria de Estado. Quem sobe a ministra é Ana Mendes Godinho, secretária de Estado do Turismo durante os últimos 4 anos, que agora deixa o sector.

Ao contrário do que vinha a ser noticiado por alguns órgãos de comunicação social nos últimos dias, o novo Governo não vai fazer ascender o Turismo a Ministério, o que significa que vai manter-se como Secretaria de Estado na dependência do Ministério da Economia, muito embora não seja ainda conhecida a composição dos vários Ministérios em matéria de Secretarias de Estado.

Na composição do novo Governo Constitucional, há um reforço do Ministério da Economia e de Pedro Siza Vieira que mantém a pasta mas agora como número dois do Governo enquanto ministro de Estado, da Economia e da Transformação Digital. Até agora, Pedro Siza Vieira era Ministro Adjunto e da Economia.

Ana Mendes Godinho, que durante a passada legislatura assumiu a Secretaria de Estado do Turismo, deixa agora o sector e passa a liderar o Ministério do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, uma área que conhece bem já que é licenciada em Direito e pós-graduada em Direito do Trabalho, tendo exercido funções na ACT – Autoridade para as Condições do Trabalho desde Janeiro de 2012 até assumir a Secretaria de Estado do Turismo.

Até ao momento ainda não é conhecido o nome do substituto de Ana Mendes Godinho à frente da Secretaria de Estado do Turismo.