Turistas brasileiros estão a gastar mais no exterior

Nos sete primeiros meses do ano, os gastos dos turistas brasileiros no exterior aumentaram 5,8%, apesar da retracção em Julho. No sentido inverso, aconteceu o mesmo: os gastos dos estrangeiros no Brasil aumentaram 4,53% entre Janeiro e Julho, com retracção no sétimo mês.

De acordo com dados publicados pelo Banco Central do Brasil, os gastos dos turistas brasileiros no exterior registaram um aumento de 5,8% no acumulado dos primeiros sete meses deste ano, comparativamente ao período homólogo do ano passado. De Janeiro a Julho, a despesa cambial do turismo atingiu os 11,3 mil milhões de dólares, face aos 10,6 mil milhões de dólares registados do mesmo período de 2017.

O comportamento dos gastos não foi igual em todos os meses e em Julho deste ano, os gastos dos turistas brasileiros no exterior baixaram 7,86%, passando dos 1,89 mil milhões de dólares alcançados em Julho do ano passado para 1,73 mil milhões.

No sentido contrário, os gastos também aumentam. Dados recentemente publicados pelo Banco Central do Brasil revelam que os turistas internacionais deixaram no país, nos primeiros sete meses deste ano, um total de 3,66 mil milhões de dólares, valor superior em 4,53% ao registado no período homólogo do ano passado.

No entanto, se analisado isoladamente, o mês de Julho trouxe uma retracção de 5,3% nos gastos dos estrangeiros face ao mesmo mês do ano passado. Em Julho deste ano, os turistas estrangeiros geraram receitas turísticas no valor de 417 milhões de dólares, valor que se compara aos 440 milhões alcançados no mesmo mês de 2017.

Refira-se que nas contas do Banco Central entram os gastos realizados com cartões de crédito e trocas cambiais oficiais.