UE vai criar título de Capital Europeia do Turismo

O deputado europeu e presidente do Comité Regional do Turismo, Renaud Muselier, tem feito uma campanha a vários meses junto das autoridades europeias para criar, pela primeira vez, o título de “Capital Europeia do Turismo”. Apresentou o projecto na última semana à Comissão dos Transportes e Turismo do Parlamento Europeu, que o aprovou.

Com o seu homólogo húngaro Istvan Ujhelyi, Renaud Muselier propõe criar um título de “Capital Europeia do Turismo” para promover “o desenvolvimento sustentável e a protecção deste sector tão importante”, considerado “a terceira economia mais importante na Europa, e que representa 9,7% do PIB da EU-28, cifra que deverá, segundo previsões, passar a 10,4% até ao ano 2025”, pode-se ser no projecto do eurodeputado.
Este título será usado para “promover a riqueza da oferta turística dos países europeus, fortalecer a imagem das cidades que o recebem, e mais amplamente, dar mais visibilidade às regiões”, explicam os dois eurodeputados.“As cidades que irão receber o título (três por ano no máximo) deverão “promover a inclusão social e a igualdade de oportunidades”. Serão escolhidas com base num “programa relacionados com o turismo, especificamente criado, com uma dimensão europeia específica”.

Para organizar esses eventos, as capitais poderão beneficiar de fundos europeus. O primeiro orçamento provisório dentro da alteração proposta eleva-se a 2,5 milhões de euros.

Na sequência da adopção pela Comissão dos Transportes e Turismo do Parlamento Europeu, o texto deve ser aprovado no orçamento da União Europeia no final do ano. A designação pode ser criada no próximo ano, e as três primeiras capitais nomeados para 2018. Resta determinar os critérios de adjudicação.