Universidade Europeia promove 2ª edição do Research Day

É já a 20 de Fevereiro que a Universidade Europeia vai dedicar o dia à investigação no turismo, reunindo 23 profissionais que vão partilhar as mais recentes tendências turísticas e hoteleiras com os estudantes da licenciatura e de mestrado.

A 2ª edição do Research Day constitui uma entrada dos estudantes de turismo e hospitalidade no caminho da investigação. O programa esta estruturado em torno das temáticas que marcam as agendas de investigação mundiais: comportamento do consumidor, gestão do turismo e da hotelaria, turismo, cultura e território, bem como sustentabilidade.

A sessão de abertura é presidida por Pedro Barbas Homem, reitor da Universidade Europeia, e Antónia Correia, directora da Escola de Turismo e Hospitalidade da Universidade Europeia.

No primeiro painel, dedicado ao comportamento do consumidor, estarão em destaque as motivações dos estudantes internacionais que decidem estudar em Portugal por influência dos seus pares, o comportamento de compra de luxo com abordagens inovadoras num segmento que está a encetar a sua relação com Portugal, mas sobre o qual pouco se conhece: os chineses, as experiências criativas num dos principais recursos de Portugal: as salinas, e ainda a segurança dos turistas numa era em que os contingentes sociais apontam para insegurança e instabilidade e a nostalgia na diáspora Europeia.

Sobre a “gestão do turismo e da hotelaria”, vai-se focar nos processos de filiação e competição entre hotéis que demonstram que o segredo já não é a alma do negócio, e a viabilidade de rotas de tapas por processos que justificam a necessidade de continuar a realizar eventos como estes. Porque o turismo é uma indústria de pessoas para pessoas, neste painel pretende-se igualmente falar de emoção no trabalho como factor alavanca para a melhoria da produtividade, e, porque a produtividade é muito influenciada pela liderança, vão-se discutir estilos de liderança. A 2a sessão termina com a apresentação dos iphones no neuromarketing tecnologias que revolucionaram a indústria e muito rapidamente vão revolucionar o turismo.

No painel turismo, cultura e património, as questões em cima da mesa serão o turismo religioso numa perspectiva criativa para devolver ao turismo a espiritualidade, a mediação cultural e a literatura e a simbologia cinematográfica no turismo, as enogastronómicas e o tão turismo de saúde e bem-estar.

No painel “Sustentabilidade” os temas a debater serão a necessidade de relatórios integrados nas empresas hoteleiras e turísticas, bem como a necessidade e ânsia que os locais mostram pelo desenvolvimento turístico em regiões claramente vetadas ao abandono, ao mesmo tempo que se vai analisar a cooperação e a inovação entre todos os agentes intervenientes no sector para promover a sustentabilidade.