Valverde Hotel encerra de 7 de Fevereiro a 7 de Março para obras de expansão

De 7 de Fevereiro a 7 de Março, devido a obras que irão duplicar a sua capacidade, o Valverde Hotel, em Lisboa, vai estar encerrado.

As obras, que têm início este mês, vão decorrer ao longo de 11 meses, visando a expansão do hotel de luxo com dois edifícios que lhe são contíguos, na Rua de São José, em Lisboa. A intervenção promove a duplicação do número de unidades de alojamento e um maior número de serviços a oferecer aos clientes.

O projecto, liderado pela empresa portuguesa Bastir, da dupla do Arquitecto Diogo Rosa Lã e José Pedro Vieira, que assinou o projecto da actual unidade aberta há quatro anos, apresenta 48 quartos e suites, uma sala de reunião com luz natural e varandas, novos espaços de restauração (um restaurante e um bar), aumento da capacidade de lugares sentados e zona de Lazer no Páteo, uma piscina com água aquecida em piso elevado, um ginásio, uma sala de massagem, bem como áreas públicas, nomeadamente recepção e lobby com maiores dimensões

Os trabalhos de remodelação irão decorrer de forma a garantir a total e habitual operação da unidade, visto que as obras não decorrem no edifício actual do hotel. A excepção será no período de 7 de Fevereiro a 7 de Março, em que a unidade encerrará para se efectuar a ligação entre o espaço existente e os dois novos edifícios.