Viagem de Fernão de Magalhães inspira rota turística

As cidades de Lisboa e da Praia estão a estudar a criação de uma rota turística inspirada na viagem de circum-navegação iniciada em 1519 pelo navegador português Fernão de Magalhães.

Este anúncio foi feito à Lusa pelos presidentes dos dois municípios, Fernando Medina e Óscar Santos que participam, na capital cabo-verdiana, no VIII encontro da Rede Mundial de Cidades Magalhânicas, com as celebrações do quinto centenário da viagem de circum-navegação e uma candidatura à UNESCO na agenda.

Para o autarca cabo-verdiano, este é um momento “muito importante”, uma vez que falta menos de um ano para as comemorações do quinto centenário da viagem de Fernão de Magalhães, às quais o município da Praia se vai associar, acrescentando que este é o tipo de acontecimentos que coloca um país pequeno, como Cabo Verde, na rota dos grandes acontecimentos.

Segundo o autarca lisboeta, o município tem sido procurado por “grandes operadores internacionais para fazer estas rotas, se não na totalidade, em parte. E isso é apenas uma manifestação da força, do impacto da viagem de Fernão Magalhães”.

Para Fernando Medina, “mais importante que essa dimensão turística é o encontro de culturas que vai ser evidenciado nestas celebrações”.