Whale Heritage Sites organiza primeira cimeira nos Açores

A cidade da Horta (Açores) acolhe, de 26 a 30 de Outubro, a primeira cimeira Whale Heritage Sites, organizada pela World Cetacean Alliance (WCA) com vista a reconhecer os destinos turísticos que melhor defendem a observação responsável de baleias e golfinhos e destacar a importância cultural dos cetáceos nas águas que os rodeiam.

A cimeira terá a participação de representantes de vários destinos turísticos, instituições internacionais, bem como do sector privado e organizações não-governamentais, especialistas mundiais no sector do turismo, sustentabilidade e observação de cetáceos, para discutir o conceito dos Whale Heritage Sites e debater e estabelecer as bases dos critérios para a designação dos referidos locais.

Passam a ostentar o título de Whale Heritage Site destinos considerados centros de excelência e comprometimento na preservação e interacção com os cetáceos, esperando-se que faça incrementar o número de visitantes e o rendimento das empresas de serviços ligados ao turismo, permita uma gestão sustentável dos recursos marinhos, e celebre a historia, o ambiente e a identidade cultural.

A designação de um destino Whale Heritage Site será também um instrumento para que os turistas possam fazer as melhores escolhas sobre locais para observar baleias e golfinhos no seu habitat natural.

Igualmente, este estatuto visa encorajar os destinos a fazer participar activamente as suas comunidades bem como turistas, no conhecimento e protecção da vida marinha, através das artes, da ciência, música, programas pedagógicos e eventos.

Pretende-se que o primeiro local a obter o estatuto de Whale Heritage Site seja anunciado em 2016.

Para Francisco Fernandes Gil, presidente da Direcção da Turismo dos Açores – ATA, esta iniciativa “ajudará a assegurar um futuro melhor para este animais, não só nos Açores mas em redor do mundo, permitindo que turistas e comunidades possam apreciar e beneficiar da interacção com estas magníficas criaturas em anos vindouros”.

A World Cetacean Alliance é a maior parceria mundial que trabalha na protecção de baleias e golfinhos, representando cerca de 70 parceiros em 23 países em todo o mundo.